Conheça as 6 principais famílias olfativas dos perfumes



  

Quem nunca disse que gosta de perfumes leves, frescos, doces, fortes. Um conhecedor de fragrâncias sabe distinguir as suas famílias e fazer as escolhas para cada época do ano. Por exemplo, para o verão as melhores fragrâncias são as florais e mais leves, já o inverno combina com fragrâncias macantes, sensuais.

Para não haver confusão, existe uma classificação internacional que divide as fragrâncias em famílias olfativas ou aromáticas, conforme a intensidade:

Cítricos: sua fragrância origina-se das cascas dos citrinos, destacando-se a laranja, limão, bergamota, toranja e tangerina. Esta família olfativa é muito popular, pois são fragrâncias leves e frescas. São protagonistas de quase todas as fragrâncias Unissex.

Florais: esta família olfativa, vai buscar o poder oufativo que as flores emanam. Muitas vezes, recorre-se a uma única espécie para produzir uma fragrância, como é o caso da rosa, violeta e jasmim ou criam autênticos buquês com flores variadas. Estão presentes quase que exclusivamente em perfumes femininos, dando um ar de romantismo à fragrância.





Fougères: este termo é de origem francês, para uma planta que quase não tem cheiro. Esta família representa fragrâncias de ervas e plantas herbáceas. Geralmente está associado a perfumes masculinos mais tradicionais.

Chipre: esta família distinta apesenta uma mistura de notas quentes e frias, um tipo de junção do melhor da perfumaria. é uma combinação bem aromática de notas cítricas, notas concentradas e que remetem a essência da terra (madeira e musgo).

Amadeirados: como o próprio nome sugere, esta família produz fragrâncias oriunadas das melhores madeiras. Somente as madeiras de luxo, como o pinheiro selvagem, o sândalo e o cedro do Líbano, conferindo melhor durabilidade e consist6encia. A esta família juntam-se incenso e mirro, notas mais quentes. Pode ser utilizado tanto em perfumes femininos quanto masculinos e ficam melhor se combinados com cítricos e florais.

Orientais: é a mais intensa das experiências olfativas, possui como base a mistura de especiarias exóticas como pimenta, anis, canela, baunilha e aromas florais. Antigamente ess6encias de musk, almíscar, âmbar e algumas de origem animal eram notas dominantes em perfumes orientais. Hoje, para baratear e melhor comercializar o produto, eles utilizam “moléculas sintéticas” reproduzindo as notas. 



3 comentários em “Conheça as 6 principais famílias olfativas dos perfumes

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *